Esportes

Torcedor entrega camisa e Papa Francisco abençoa Paraná Clube no Vaticano

O Paraná Clube está oficialmente abençoado pelo Papa Francisco. O torcedor Diogo Henrique Schuhli entregou a camisa do Tricolor ao chefe da Igreja Católica, no Vaticano, na última semana. A imagem do momento foi publicada nas redes sociais do clube e levou os torcedores ao delírio. “O Papa é tricolor”, comentou um. “Paraná rumo ao Mundial 2019”, disse outro.

O torcedor responsável pela entrega da camisa ao Papa participava de uma audiência de ordenação do seu primo, que se tornou padre no sábado passado. Ele viajou com a família (pai, mãe, irmão e esposa) para a cerimônia que acontece toda quarta-feira, às 9h30, em que é celebrada uma missa.

“Nós chegamos às 6h para conseguir bons lugares. Na hora da entrada eu já peguei a camisa e deixei estendida. Quando ele estava chegando foi pro lado oposto e eu o chamei. Quando me viu, mostrei a camisa e ele veio e abençoou. Nesse momento eu disse que era um presente ao santo padre, então ele pegou, agradeceu e me deu a benção”, contou.

Diogo mora na Argentina, mas na última visita à Curitiba comprou a camisa já pensando no encontro com o pontífice. “Um mês antes de viajar comprei a camisa branca do Paraná para presentear, já pensando em dar de presente se possível”, lembrou.

Mesmo com o plano em mente, Diogo disse a reportagem do Paraná Portal que não imaginou que a ideia fosse dar certo. “Esperava que alguém pegasse a camisa, mas não o papa. Nem imaginei que ele abençoaria a camisa e a mim. Foi muita emoção na hora”, revelou.

Papa Francisco é argentino e já declarou gostar de futebol. O chefe da Igreja Católica torce para o San Lorenzo, time da sua terra natal. Mesmo assim, muitos paranistas ficaram felizes com a possibilidade do pontífice “virar a casaca” depois do episódio.

Carregando o Paraná pelo mundo

Diogo também contou que sempre viaja com a bandeira, cachecol e camisa do Paraná Clube. “Já subi o monte Fuji no Japão, em jogo de futebol no Japão. Fui nos pontos turístico de Roma, Paris, Chile, Argentina, em Amsterdam e hoje (sábado) fui na Fifa na Suíça”, destacou.

Comentários

comentários

Comentar