Cidadão

Cliente que ficou 2h em fila de banco deve ser indenizado em R$ 5 mil

Juiz entendeu que a demora no atendimento ultrapassou ‘o mero aborrecimento’.

Um cliente do Banco do Brasil ganhou uma indenização por danos morais no valor de R$ 5 mil após passar quase duas horas na fila de espera para ser atendido. O caso aconteceu em uma agência de Colinas do Tocantins (TO).

Um extrato de atendimento mostra que o homem retirou uma senha às 12h04 e só foi atendido às 14h. O caso foi registrado no dia 16 de abril de 2018.

“No caso concreto vislumbra-se que o autor teve que aguardar um longo período para conseguir o atendimento, o que ultrapassa o mero aborrecimento […] Entendo por bem, que o dano moral experimentado pela parte autora, deve ser reparado pela instituição financeira requerida”, afirmou o juiz José Carlos Ferreira Machado.

O cliente havia pedido uma indenização de R$ 10 mil. No entanto, o banco deverá pagar R$ 5 mil, com juros e correção monetária. A decisão ainda cabe recurso.

Comentários

comentários