Geral

Empresas de telefonia celular lideram as reclamações no Procon-Pr

Nesta sexta-feira (15) será comemorado o Dia Internacional do Consumidor.

O Procon-Pr funciona na Rua Emiliano Perneta, 47 , Curitiba e é bastante movimentado. Mesmo oferecendo várias ferramentas de registro para reclamações via telefone e site, a entrada e saídas de pessoas não pára.  De acordo com os dados atualizados em tempo real no site,  a preferência continua sendo pelo atendimento presencial. Até o fechamento dessa matéria,  24.822 pessoas optaram por ir até o Procon resolver seus problemas, de janeiro até agora.

A telefonia celular lidera o ranking do descontentamento. 4.915 clientes registraram algum tipo de reclamação contra empresas desse setor. A telefonia móvel vem em terceiro lugar, com 3.092 atendimentos, seguida dos bancos e dos cartões de crédito.   Cobranças abusivas ou indevidas, não cumprimento de contrato e falta de entrega do que foi combinado estão entre principais relatos.

Entre as estatísticas disponíveis também estão os atendimentos feitos por municípios. A capital aparece com 12.274, seguida de Maringá, com 4.791 registros. Em Umuarama, terceiro lugar, fica com 1996 e em quarto lugar está Londrina, com 1.461 pessoas atendidas.

Outra curiosidade que pode ser constatada na consulta aos dados do Procon-Pr, é de que as mulheres reclamam mais do que os homens.  De um total de 34.635 reclamações registradas em todo o Estado, do início do ano até hoje, 53,35% são mulheres. Os homens ficam com 46,65%.

E já virou hábito para muitos consumidores pesquisar antes de comprar algum serviço. Isso pode ser feito neste link, onde aparecem os nomes das empresas líderes de reclamações. Outros serviços importantes são disponibilizados na página. As pesquisas que ajudam a fazer a comparação de preços, por exemplo, na hora de escolher material escolar.  A pesquisa da Páscoa ainda está sendo realizada.

História

O Dia Internacional do Consumidor foi instituído nos Estados Unidos e comemorado pela primeira vez em 1962.  Em 1985, a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) adotou o dia 15 de março como o Dia Mundial do Consumidor, tendo como base as Diretrizes das Nações Unidas, dando legitimidade e reconhecimento internacional para a data criada pelo presidente americano John Kennedy.

No Brasil, os direitos dos consumidores estão protegidos através da Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, que entrou em vigor em 11 de março de 1991. Com a lei, vieram um conjunto de regras para nortear os caminhos das relações de consumo no país:  o Código de Defesa do Consumidor. E junto com ele, veio o Programa de Proteção e Defesa (Procon) atuante em todo território nacional.  De lá para cá, empresas e prestadores de serviços passaram a ser adequar às necessidades do mercado.

Paraná Portal

 

Comentários

comentários