Agronegócios

Paraná é destaque nacional na produção de erva-mate

Produção de Erva Mate em São Mateus do Sul. Foto: José Fernando Ogura/ANPr - 01/2019

A produção de erva-mate no Paraná tem destaque nacional. Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado concentrou 87% de toda a produção de erva-mate do país durante o ano passado.

Ou seja, do total de quase 400 mil toneladas produzidas no Brasil, cerca de 345 mil saíram do Paraná.

O setor garante o emprego e a renda para ao menos 100 mil famílias. São Mateus do Sul foi o município que registrou o maior volume de erva-mate extrativa no ano, com 70 mil toneladas, o que representa 17,8% do total nacional. Para se ter noção, a cidade produz mais que Rio Grande do Sul e Santa Catarina somados.

Paraná é a principal porta de entrada de fertilizantes no Brasil
O secretário de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, destaca a diversidade de produtos que são feitos com a erva.

“A indústria desenvolve novos produtos, especialmente na área de bebidas, cervejas, fármacos, cosméticos… O que acaba valorizando mais esse esforço do Paraná. O estado é líder da produção brasileira porque boa parte são de ervais nativos, que confere um sabor menos amargo. Mas também cultivamos a erva mate em ambiente natural, sem sombreamento. As somas das duas produções mantém o Paraná na liderança da produção”, comenta.

O cultivo da erva-mate movimentou mais de R$ 460 milhões de reais no ano passado no Brasil. A erva-mate é o principal produto florestal não madeireiro e o cultivo é totalmente agroecológico, não exigindo desmatamento. Um selo de qualidade foi entregue neste ano para os produtores dos municípios de São Mateus do Sul, Antônio Olinto, Mallet, Rebouças, Rio do Sul e São João do Triunfo.

Ao todo, 136 cidades cultivam o produto no Paraná. Segundo o Departamento de Economia Rural, o estado exportou 3 mil toneladas de erva-mate no ano passado.Paraná Portal

Comentários

comentários