Brasil

TCU encontra fraude bilionária no DPVAT. Você paga pela corrupção

Auditores do Tribunal de Contas da União identificaram mais um gigantesco esquema de corrupção que desviou, no mínimo, R$ 5 bilhões no seguro obrigatório administrado pela Seguradora Líder.

A investigação tem provas incontestáveis que a seguradora superfaturou valores dos seguros pagos para justificar o aumento do imposta a ser repassado aos condutores de propriedade de veículos no Brasil, além de pagamentos irregulares de sinistros e advogados.

O esquema de corrupção que tirou dinheiro dos proprietários de veículos autou fortemente durante dez anos.

A Seguradora Líder recebe 2% da arrecadação com o DPVAT, seguro obrigatório de todos os veículos como condição para circular.

Após a operação Tempo de Despertar, da PF, e uma auditoria inicial no DPVAT, o valor caiu 35% e gerou economia de R$ 3 bilhões em 2017.

A investigação do TCU visa identificar falhas que “viabilizaram fraudes” e a atuação da Susep (Superintendência de Seguros Privados)”.

O valor do DPVAT segundo consta, ao longo desses dez anos, tem disso alvo de aumento para enriquecer os fraudadores e cobrir as despesas fictícias criadas para desviar dinheiro. (Justos pela Brasil).

Comentários

comentários