Celebridades

Meghan Markle conseguiu esconder gravidez do segundo filho em aparição em vídeo

O sexo do bebê, bem como a previsão da data de nascimento, ainda não foram divulgados.

Quase duas semanas antes de anunciar sua gravidez, Meghan Markle, 39, conseguiu manter em segredo a espera pelo segundo filho, mesmo tendo aparecido em um vídeo durante uma aula online de poesia. Isso aconteceu graças a cuidados extras da duquesa de Sussex diante da câmera.

 Na aparição, que aconteceu ao lado do príncipe Harry, 36, no último dia 6, Meghan usou no vídeo um enquadramento que não deixava visível sua barriga, impedindo especulações sobre uma possível gravidez. Na ocasião, ela chegou a compartilhar trechos de suas poesias preferidas.

A revelação da gravidez aconteceu neste domingo (14), com um comunicado dizendo que primeiro filho do casal, Archie Harrison, será irmão mais velho. O anúncio foi feito com uma foto em preto e branco, tirada remotamente via iPad pelo amigo e fotógrafo de longa data, Misan Harriman.

A data escolhida pelo casal para anunciar a gravidez acabou se tornando emblemática, por ser no Valentine’s Day, o Dia dos Namorados nos Estados Unidos e na Europa. Mesmo dia escolhido pela princesa Diana (1961-1997) para anunciar a espera por Harry, em 1984.

Após o anúncio, o casal recebeu felicitações em nome de toda a família real britânica. “Sua Majestade, o Duque de Edimburgo, o Príncipe de Gales e toda a família estão ‘encantados’ e desejam-lhes o melhor”, disse um porta-voz do palácio à revista People. O sexo do bebê, bem como a previsão da data de nascimento, ainda não foram divulgados.

NOME NA CERTIDÃO

Recentemente veio a público que o nome de Meghan Markle foi alterado na certidão de nascimento de seu filho, Archie. Os seus dois primeiros nomes foram retirados do documento, por determinação do Palácio de Buckingham.

“A mudança de nome em documentos públicos em 2019 foi ditada pelo Palácio, conforme confirmado por documentos de altos funcionários do Palácio. Isso não foi solicitado por Meghan, a Duquesa de Sussex, nem pelo Duque de Sussex”, diz um porta-voz de Meghan ao Insider.

A polêmica começou após o jornal The Sun publicar que existiram duas versões da certidão de nascimento de Archie, que nasceu no dia 6 de maio de 2019. Em um primeiro momento, no documento constava os dois primeiros nomes da mãe, Rachel Meghan. Posteriormente, eles foram retirados e deixado apenas “Vossa Alteza Real, a Duquesa de Sussex”.

“Sugerir que ela estranhamente gostaria de não ter nome na certidão de nascimento de seu filho ou em qualquer outro documento legal, seria ridículo se não fosse ofensivo”, afirmou comunicado de Meghan.

Comentários

comentários