Mandaguari

Em Mandaguari, feira promove mercado para microempreendedores individuais

Foram dois dias de atividades, com a participação de 35 expositores.
Microempreendedores individuais de Mandaguari tiveram a oportunidade de comercializar produtos e serviços durante a 1ª edição da Feira do MEI que ocorreu na cidade, nesta sexta-feira e sábado (6 e 7). O evento foi realizado pela Prefeitura Municipal de Mandaguari e Sebrae/PR para impulsionar os negócios, promovendo a economia local.

A feira contou com 35 expositores de segmentos variados. Para a empreendedora Joelma Leite, que fabrica moda íntima há mais de 20 anos, a participação ajudou a conquistar novos clientes. “Fiz vendas e contato com consumidores que ainda não me conheciam, o que é importante para a expansão da minha marca, meu próximo objetivo”, conta.

Representante de marcas de cosméticos, a empreendedora Maria Aparecida dos Santos diz que aproveitou a feira para reforçar o cuidado que tem no atendimento. “Entrego em embalagens e caixas personalizadas, além disso, acrescento alguns mimos. No evento, pude apresentar minha forma de trabalhar”, comenta.

Com pouco mais de 34 mil habitantes, Mandaguari conta com mais de 1.200 microempreendedores individuais. A participação como expositor no evento foi gratuita.

“Quisemos tirar os empreendedores de dentro de casa, coloca-los em uma vitrine. A ideia foi estimular vendas, a troca de experiências e a profissionalização das atividades”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mandaguari, Paulo Conte.

Durante a ação, os empreendedores e a comunidade tiraram dúvidas e receberam orientações sobre negócios, no Espaço Sebrae/PR. “Há produtos e serviços em Mandaguari que os consumidores nem conhecem. Com a feira e outras ações, o objetivo é ajudar os empreendedores a se desenvolver, chegar ao público e até crescer”, frisa da consultora do Sebrae/PR, Rosineide Pereira.

Também participaram da feira instituições que fazem parte do programa Educação Empreendedora, do Sebrae/PR, por meio do qual se dissemina o comportamento empreendedor entre estudantes.

O Colégio Estadual Vera Cruz (Cevec) divulgou o projeto “Tecnologias Informacionais e a Logística Reversa”. Para isso, recolheu, durante o evento, eletrônicos para descarte correto, em parceria com a Associação dos Catadores de Recicláveis de Mandaguari (Acaman).

A Feira do MEI teve apoio da Sala do Empreendedor, da Associação Comercial e Empresarial de Mandaguari (ACEMAN), da Agência Regional de Desenvolvimento e Câmara Municipal de Mandaguari. Fernanda Bertola

Comentários

comentários