Maringá

Capelães levam esperança à pacientes internados no Hospital Municipal

Palavras de fé e conforto são levadas aos pacientes do Hospital Municipal, por meio dos capelães do projeto ′Sheikina′ (palavra vinda do hebraico que significa ′presença de Deus′). Os capelães são pessoas que prestam assistência religiosa em instituições fora da igreja, como escolas, empresas e hospitais. São cerca de 10 voluntários que se revezam todos os dias entre as alas do hospital. O projeto existe desde 2017.

“Nós levamos esse minuto com Deus aos pacientes e estendemos também aos funcionários. O projeto surgiu com o propósito de ajudar aqueles que precisam de um alento para a alma”, explica o idealizador do projeto, Aldair Vieira. A voluntária Inês Silva é pioneira do grupo. “Eu senti o chamado de Deus e decidi participar do projeto. Sou capelã há 10 anos e me sinto gratificada em levar a palavra do Senhor e aproximar as pessoas da fé”, disse Inês.

Josefa Santos, voluntária do projeto, lembra que estava com o marido internado quando recebeu a visita do grupo. “Sei como foi importante para nós ouvir aquelas palavras naquele momento. Isso me motivou a iniciar como capelã. Esse trabalho é essencial na minha vida. A cada visita sinto que saio abençoada”, disse. O projeto é uma parceria com a Prefeitura de Maringá, por meio da Secretaria de Saúde, e realizado de forma voluntária pelos participantes.

Saiba mais
Para ser capelão é necessário ter a formação. Mais informações podem ser obtidas com o capelão titular Odair Vieira, no telefone: (44) 98441-9138 – Diretoria de Comunicação

Comentários

comentários