Maringá

Hortas comunitárias geram renda e sustentabilidade em Maringá

Diretoria de Comunicação
As 38 hortas comunitárias existentes em Maringá, que juntas ocupam área de 110 mil metros quadrados (11 hectares), têm gerado renda e sustentabilidade para a população. Em 2018, produziram 916 toneladas entre hortaliças e verduras. No mapa virtual (confira no link: encurtador.com.br/mnv34), estão disponibilizadas a localização de cada horta.
A Prefeitura de Maringá promove anualmente workshops para os agricultores, visando a aprimorar a qualidade das hortaliças e verduras cultivadas. Os interessados em adquirir um canteiro em alguma das hortas, deve procurar o responsável diretamente no local, entrando em uma lista de espera.
′′Quando eu cheguei aqui há 2 anos, tinham apenas oito produtores. Hoje, tem até fila de espera. É uma ótima oportunidade para nós. Primeiro, eu cultivo para a minha família e depois vendo para as pessoas que chegam aqui. Planto alface, cebolinha, couve, almeirão e tomilho′′, afirma a agricultora da horta comunitária Cidade Alta, Noemi Pelisson.
′′Eu sempre compro as verduras para minha casa aqui na horta. Além de ser mais barato, é mais fresquinho e temos a certeza de que estamos adquirindo um produto de qualidade′′, afirma a moradora do Conjunto Habitacional Cidade Alta, Marli de Souza.
Os preços das verduras e hortaliças variam de R$1 a R$3. As hortas comunitárias atendem em horários individuais. Veja a mais próxima da sua casa e entre em contato com a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide) para mais informações.
Os canteiros são cedidos prioritariamente para famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), da Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (Sasc), e as pessoas que se cadastrarem diretamente com os presidentes das hortas.
Saiba mais:
Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide)
Avenida XV de Novembro, 701 (Paço Municipal)
Telefone: (44) 3221-1234

Comentários

comentários