Maringá

Hospital Municipal prepara 26 leitos de UTI e 52 para internamentos de enfermaria

A Prefeitura de Maringá segue reforçando protocolos e infraestrutura de prevenção ao coronavírus, qualificando a rede de atendimento para dar resposta rápida e eficiente.

A reorganização de toda a rede tem no Hospital Municipal uma de suas principais referências, como demonstram os preparativos já realizados e em andamento.
“Estamos trabalhando muito intensamente para criar a retaguarda médica necessária para enfrentar a pandemia de forma muito qualificada”, afirma o secretário de Saúde, Jair Biatto, referindo-se a ampliação do número de leitos de UTI no hospital, de 10 para 26, além de 52 leitos de internamento.

O esforço também inclui treinamento da equipe e informações diárias sobre refinamento dos protocolos de atendimento e prevenção. “Importante destacar o espírito de união e companheirismo da equipe, cuja dedicação é aspecto muito relevante nesse momento”, afirma a diretora do hospital, Caroline Aver.

Outra mudança importante foi o fechamento da UPA SUL, que hoje funciona como uma extensão do Hospital Municipal. A UPA Norte está concentrada no atendimento específico do covid 19.
Diretoria de Comunicação

Comentários

comentários