Maringá

Maringá está entre as cidades reconhecidas pelo prêmio “Cidade Amiga dos Animais”

Cidade foi reconhecida por ideia inovadora para promoção do bem-estar por meio de ações do manejo de populações de cães e gatos
A Proteção Animal Mundial, organização não-governamental (ONG) que atua em prol da melhoria do bem-estar animal, anuncia os vencedores da segunda edição da premiação “Cidade Amiga dos Animais”. O prêmio é voltado para cidades latino-americanas, o prêmio visa identificar e difundir estratégias inovadoras de manejo humanitário de populações caninas e felinas aplicadas de forma integrada por governos locais. Esse ano sete das nove cidades reconhecidas são brasileiras.

Maringá (PR) foi reconhecida na categoria inovadora para promoção do bem-estar por meio de ações do manejo de populações de cães e gatos – subcategoria inovação tecnológica. O município desenvolveu o aplicativo Petis que Integra a Prefeitura, Cidadão, ONG ́s e Protetores Independentes e Clínicas Credenciadas para realização das cirurgias.

“Maringá usou a tecnologia para facilitar e integrar processos que visam o bem-estar de cães e gatos de rua. O sistema permite, por exemplo, a gestão informatizada do controle populacional de cães e gatos, gerencia castrações, aponta o censo populacional e banco de dados da população de animais, armazena histórico e aponta a geolocalização desses bichos, entre outras tantas funcionalidades”, explica Rosângela Ribeiro, gerente de campanhas veterinárias da Proteção Animal Mundial.

O concurso contou com nove categorias e os candidatos puderam se inscrever em todas que apresentavam projetos. Para difundir e valorizar iniciativas inovadoras, garantindo que elas possam ser implementadas em outros municípios, a Proteção Animal Mundial publicará um livro digital com as nove melhores estratégias de manejo populacional de cães e gatos e fará um workshop digital para gestores municipais com as vencedoras, para que haja troca de experiências entre os municípios.

Criado e coordenado pela Proteção Animal Mundial, o prêmio Cidade Amiga dos Animais conta com o apoio do OIE (organização mundial de saúde animal), do Instituto Medicina Veterinária do Coletivo (IMVC/ITEC), do Conselho Federal de Medicina Veterinária do Brasil (CFMV), da Associação Mundial de Veterinários de Pequenos Animais (WSAVA) e da Coalizão Internacional para o Manejo de Animais de Companhia” (ICAM).

Nesta edição, a PANAFTOSA-OPAS/OMS nos apoiou no processo de avaliação dos projetos.

Sobre a Proteção Animal Mundial (World Animal Protection)

A Proteção Animal Mundial move o mundo para proteger os animais por mais de 50 anos. A organização trabalha para melhorar o bem-estar dos animais e evitar seu sofrimento. As atividades da organização incluem trabalhar com empresas para garantir altos padrões de bem-estar para os animais sob seus cuidados; trabalhar com governos e outras partes interessadas para impedir que animais silvestres sejam cruelmente negociados, presos ou mortos; e salvar as vidas dos animais e os meios de subsistência das pessoas que dependem deles em situações de desastre. A organização influencia os tomadores de decisão a colocar os animais na agenda global e inspira as pessoas a mudarem a vida dos animais para melhor. Para mais informações acesse: www.protecaoanimalmundial.org.br.

Sorella Comunicação

Comentários

comentários