Maringá

Mentoria que ajuda indústrias a reduzirem custos está com inscrições abertas para novas empresas

Novos grupos do programa Brasil Mais no Paraná serão formados em Cascavel, Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Curitiba e Santo Antônio da Platina

Estão abertas as inscrições para novas empresas participarem do Brasil Mais no Paraná. Promovido pelo governo federal em conjunto com a Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o programa de mentoria lean (produção enxuta) conta com a execução do Senai e já está capacitando as primeiras empresas no Estado. As inscrições para as novas turmas, que terão início em outubro, estão abertas. “Estamos muito contentes com os resultados que estamos obtendo com os primeiros grupos. Temos certeza de que as empresas que estão trabalhando conosco sairão mais preparadas para enfrentar os novos desafios que estão surgindo”, avalia Felipe Couto, gerente de Inovação e Produtividade do Sistema Fiep.

Por meio da mentoria lean, as indústrias aprendem a reduzir desperdícios e aumentar sua produtividade, duas ações imprescindíveis neste momento, no qual as indústrias precisam se reinventar para tomar decisões mais ágeis e assertivas. “Se antes, já existia uma necessidade em alcançar resultados práticos e de curto prazo, com baixo custo, agora isso se tornou ainda mais urgente. Com a pandemia, a mentoria lean do Senai pode ser uma grande aliada para otimizar recursos, tanto humanos quanto materiais”, completa Felipe. Em todo o Brasil, a estimativa é que 46,8 mil indústrias sejam impactadas pelo programa – no Paraná, a meta é atender até 3 mil empresas.

Voltado a indústrias de diferentes segmentos, a mentoria do Brasil Mais tem duração de dois meses e pode ser contratada por empresas que tenham de 11 a 499 funcionários. O programa contempla atividades de capacitação teórica e prática na empresa que envolvem três colaboradores de cada indústria, além de consultoria, num total de 64 horas. Durante a capacitação há momentos em que são reunidas outras empresas, permitindo a troca de experiências entre os participantes e consolidando o aprendizado ao se discutir realidades de diferentes setores. O investimento é acessível a empresas de todos os portes e a maior parte do programa é subsidiada. As inscrições para os novos grupos no Paraná estão abertas e podem ser realizadas pelo site do programa Brasil Mais no Paraná. Os novos grupos serão formados nos municípios de Cascavel, Maringá, Londrina, Ponta Grossa, Curitiba e Santo Antônio da Platina.

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.

Ana Carolina Bendlin

Comentários

comentários