Presidente Castelo Branco

Mais de 200 pessoas participaram do “Café na Passarela”

Elas ganharam lanche, suco, botton, material informativo sobre educação no trânsito e, de quebra, interagiram com artistas

   Recepção agradável. Na manhã desta quarta-feira (19) os moradores de Presidente Castelo Branco que utilizaram as passarelas localizadas no perímetro urbano do município [km 146 da BR-376] foram recepcionados com um “Café da Manhã na Passarela”. Eles ganharam lanche, suco, botton, material informativo sobre educação no trânsito e, de quebra, interagiram com artistas. Mais de 200 pessoas prestigiaram a iniciativa.

   Uma delas foi a aposentada, Floripe Castro da Silva, de 78 anos. “A construção dessa passarela vai ajudar evitar muitos acidentes e mortes neste trecho. Foi um obra muito bem projetada, inclusive pensaram nas pessoas com mais idade, uma vez que a subida não é tão íngreme”, parabenizou. “O que está faltando é consciência, pois muitas pessoas ainda insistem em cruzar pela estrada”.

   Quem também elogiou a ação foi a operadora de cobrança, Letícia Aparecida Caíres, de 24 anos. Depois de usar a passarela ela levou para o trabalho um lanchinho composto por bolachas, suco e barrinha de cereal. “É muito importante que as pessoas utilizem a passarela por conta da segurança. Depois da duplicação os veículos passam em uma velocidade maior e qualquer descuido pode ocasionar em um grave acidente”, disse.

  O “Café na Passarela” está inserido na programação da Semana Nacional do Trânsito, realizada anualmente entre 18 e 25 de Setembro. O supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da Viapar e organizador do evento, Ronaldo Parpinelli, classificou-o como sucesso. “O importante de tudo foi a conscientização da população sobre a importância do dispositivo. Projetamos atender 200 pessoas, felizmente este número foi bem maior que o esperado”, numerou.

   A construção das passarelas está inserida no pacote de duplicação entre as cidades de Mandaguaçu e Paranavaí. Com o objetivo de reforçar a segurança no segmento a concessionária Viapar também construiu uma barreira de concreto de aproximadamente 800 metros de comprimento dividindo as duas pistas e está finalizando a instalação de grades de proteção em cima desta estrutura.

Comentários

comentários