Cidades Curitiba

Tempestades afetam 2 mil pessoas e fecham escolas no Paraná

As tempestades que atingem o Paraná desde a última segunda-feira (5) já afetaram 2.057 pessoas em 22 municípios do estado, de acordo com o boletim da Defesa Civil, divulgado na manhã desta quarta-feira (7).
Do total, 55 pessoas foram desalojadas e 40 permanecem nessa situação; 65 estão desabrigadas, 209 casas foram danificadas e quatro ficaram destruídas.
A cidade mais afetada é Querência do Norte, no noroeste, com 679 atingidos, sete desalojados e três casas danificadas. A prefeitura do município decretou estado de emergência. O nível do Rio Ivaí, que fia próximo ao local, está 2 metros acima do normal.
Em Chopinzinho, no norte, 400 pessoas foram afetadas e 80 casas foram danificadas por tempestades e granizo.

Em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, tempestade com rajadas de vento afetaram 23 pessoas, sendo que três ficaram desalojadas e quatro casas foram danificadas. Em Campo Magro, também na RMC, 18 foram atingidas, seis ficaram desalojadas e duas casas foram danificadas por deslizamentos.

Curitiba
A capital não aparece entre os municípios afetados pela Defesa Civil, mas de acordo com a Prefeitura de Curitiba, quatro unidades escolares estão fechadas hoje (7) para limpeza, após alagamentos ocorridos ontem e seis bairros foram alagados.
A Escola Municipal Dario Velozo, O CMEI Barigui I, na Regional CIC e os CMEIs Curitiba e Vila Torres, na Regional Matriz estão fechadas nesta quarta-feira. No caso das crianças do CMEI Barigui 1, elas serão atendidas provisoriamente no CMEI Hugo Peretti. As chuvas afetaram a rotina em 25 unidades escolares da rede municipal de ensino.

Os bairros Xaxim, Pinheirinho, Santa Quitéria, Cajuru, CIC e Parolin sofrem com as enchentes após o acúmulo de 102 milímetros de água – o total esperado para todo os mês de junho em Curitiba.
São 22 equipes da Secretaria de Obras trabalhando pela cidade, desentupindo bueiros e retirando a vegetação que foi arrastada pela chuva para dentro das galerias e impedir novos alagamentos.
Até o momento, foram registrados apenas danos materiais sem vítimas na capital. Cerca de 100 residências foram atingidas, mas os moradores puderam voltar para as casas posteriormente.

Previsão do Tempo
Nesta quarta-feira (7) a tempestade atinge apenas a metade sul do estado principalmente no período da tarde e, nas cidades mais ao norte, são esperadas chuvas fracas e moderadas.
Na quinta-feira (8) uma nova frente fria que vem da Argentina e do Rio Grande do Sul volta a provocar tempestades em todo o estado, principalmente nas regiões oeste e sudoeste. Na sexta a chuva diminui significativamente e as temperaturas começam a cair, registrando 7ºC em União da Vitória e Rio Negro.

Geadas são esperadas para sábado acompanhada de queda brusca nas temperaturas de todo o estado. Deve fazer -1ºC em Guarapuava, 1ºC em Pato Branco e 2ºC em Curitiba.

Comentários

comentários

Comentar