Dicas

Rinomodelação: 7 dúvidas respondidas sobre o procedimento

A rinomodelação tem sido opção estética para quem deseja corrigir alguns detalhes do nariz sem ter que realizar cirurgia. O procedimento proporciona segurança, alta imediata e recuperação rápida. Consultamos a cirurgiã dentista especialista em Harmonização Orofacial Dra Inara Guedes (CRO-RJ 35109) para tirar dúvidas sobre a técnica. Acompanhe na matéria!

Índice do conteúdo:

O que é rinomodelação?

ISTOCK

A cirurgiã dentista explica que “a rinomodelação é um procedimento minimamente invasivo, em que melhoramos a aparência do nariz de forma pontual. Com o procedimento, corrigimos alguns detalhes: nível do dorso (quando o paciente tem um osso alto ou quando tem depressões), empinamos o nariz, melhoramos o formato da ponta e disfarçamos o desvio no dorso.”

“Se realizada por profissionais altamente capacitados, o procedimento se torna bastante seguro. A rinomodelação é diferente da rinoplastia, pois esta é uma cirurgia bastante invasiva, em que o cirurgião plástico ou otorrinolaringologista consegue mudar totalmente o formato do nariz de acordo com as necessidades de cada paciente. Essa cirurgia é feita em hospital, pois o paciente deve ficar internado, e precisa de um tempo de recuperação grande”, complementa.

7 dúvidas sobre rinomodelação

A seguir, veja as perguntas mais frequentes sobre o procedimento e tire as suas dúvidas. Confira:

  1. Quanto tempo dura o procedimento? “Depende! A rinomodelação com ácido hialurônico e fios de PDO não é definitiva e dura em torno de 9 a 12 meses. Já a rinomodelação com fios de nylon pode ser definitiva, se não houver rompimento, infecção ou rejeição”, informa a cirurgiã dentista.
  2. Quais os produtos? A rinomodelação temporária é feita com ácido hialurônico ou fios de PDO, já a definitiva é feita com fios de nylon cirúrgico.
  3. Com qual idade é possível realizar a rinomodelação? De acordo com a Dra Inara, “o ideal é que qualquer procedimento estético seja feito a partir dos 18 anos, porém avaliamos o dano emocional do paciente e, em alguns casos, realizamos o procedimento em pacientes acima dos 15 anos, com autorização dos responsáveis.”
  4. O procedimento é realmente seguro? “Se realizado por profissionais altamente capacitados, se torna bastante seguro! No entanto, tem seus riscos: o ácido hialurônico pode obstruir a passagem de sangue, levando a uma necrose local, os fios de PDO podem gerar infecção local e/ou sofrerem uma rejeição e os fios de nylon podem se romper, levando à recidiva, e podem gerar infecção e/ou rejeição”, explica a cirurgiã dentista.
  5. Qual o valor da rinomodelação? A Dra Inara informa que “os valores são variáveis e é necessária uma avaliação. Mas a rinomodelação temporária varia de R$ 900 a R$ 1800 e a definitiva, de R$ 2000 a R$ 5000.”
  6. Gestantes podem realizar o procedimento? “Não podem, pois não existem estudos em gestantes que comprovem a segurança do procedimento. Além disso, dependendo da fase gestacional, elas não podem tomar anestesia e nem medicamentos, como antibióticos e anti-inflamatórios”, alerta a cirurgiã dentista.
  7. Após quanto tempo é necessário retocar? A rinomodelação com ácido hialurônico e fios de PDO dura em torno de 9 a 12 meses; após esse período, é possível realizar retoques.

Embora a rinomodelação seja um procedimento praticamente sem riscos, é importante realizá-la com um profissional habilitado para a sua segurança.

Cuidados e contraindicações da rinomodelação

Na rinomodelação temporária, não há necessidade de repouso, mas deve-se evitar apertar a região e manter curativo por 2 a 3 dias. Já na definitiva, são necessários cuidados como limpeza local com produtos específicos, medicação, repouso de 1 a 2 dias e evitar esforço físico por 7 a 15 dias. O procedimento é contraindicado para gestantes e lactantes, pacientes com doença autoimune, em uso de anticoagulantes e com saúde debilitada.

Dicas de Mulher

Comentários

comentários