Economia

Indústria de alimentos cresce 8,8% no Paraná em um ano

O governador Carlos Massa Ratinho Junior conhece as obras de ampliação do abatedouro de aves Unitá, pertencente às cooperativas Copacol, Cooperflora e Coagru acompanhado do presidente da Copacol, Valter Pitol. Ubiratã, 24/05/2019 - Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

A produção da indústria de alimentos do Paraná cresceu 8,8% em um ano. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e comparam 2019 com 2018.

Conforme o levantamento, o desempenho é o maior da série histórica, iniciada em 2002. Além disso, o resultado do Paraná é o melhor do Brasil: a taxa nacional do setor foi de 1,6%.

O índice setorial ajudou o Paraná a alcançar um crescimento de 5,7% na produção industrial geral, somadas todas as atividades, que também foi o melhor resultado do Brasil em 2019.

“Toda a nossa indústria mostra vitalidade e para a economia paranaense é importante o bom desempenho do setor de alimentos. É uma cadeia produtiva que movimenta muita gente”, afirmou o governador Ratinho Junior (PSD).

Para o secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, os índices são frutos do trabalho de potencializar a abertura de mercados para o Paraná, especialmente na Ásia.

“A tendência é de que o Estado cresça ainda mais, e dentro de três ou quatro anos lidere produção de carne suína no Brasil, por exemplo. Vamos continuar garantindo a qualidade do produto e aproveitando a chance de melhorar cada vez mais a nossa economia”, destacou Ortigara.

Produção de petróleo e gás ultrapassa 4 milhões de barris pela primeira vez
INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DO PARANÁ MOSTRA RECUPERAÇÃO
O resultado positivo da indústria de alimentos do Paraná no ano passado recuperou dois indicadores negativos, em 2018 (-11,8%) e 2017 (-1,3%).

De acordo com o IBGE, fevereiro, março, maio e outubro foram os meses com maior produção em 2019. Conforme o levantamento, os aumentos variaram entre 14,1% e 23,1% na comparação com os mesmo períodos do ano anterior.

O setor industrial de alimentos na pesquisa do IBGE engloba abate e fabricação de carnes, pescados, biscoitos, achocolatados, balas, condimentos, massas, pães, sucos concentrados, óleos, laticínios, alimentos à base de milho, trigo, arroz, café, açúcar, e outros.

Em 2019, o Paraná se destacou também na produção de veículos, máquinas e produtos de metal.

*Com informações da AEN

Comentários

comentários