Futebol

Com baixas por covid-19, Fla tenta evitar novo tropeço na Libertadores

Com pouco tempo de preparação entre um jogo e outro, a situação difícil no Flamengo foi agravada pela pandemia do novo coronavírus.

Em seu pior momento desde o início do ano passado, o Flamengo terá um difícil desafio na noite desta terça-feira. A partir das 19h15 (horário de Brasília), o time carioca vai enfrentar o Barcelona de Guayaquil, no estádio Monumental, no Equador, com 11 desfalques e uma boa dose de cobrança sobre o elenco e sobre o técnico Domènec Torrent após a dura goleada sofrida na rodada passada da Copa Libertadores.

 A missão do treinador e dos jogadores já seria difícil em campo devido à pressão por um bom resultado após levar 5 a 0 diante do Independiente Del Valle, na quinta passada, pela terceira rodada. Foi uma das piores atuações da equipe nos últimos anos. A goleada se somou às performances irregulares no Brasileirão para gerar críticas e insatisfação por parte da torcida.

Agora, com pouco tempo de preparação entre um jogo e outro, a situação difícil no Flamengo foi agravada pela pandemia do novo coronavírus. Nos últimos dias, o clube confirmou que sete jogadores contraíram a covid-19, o mais recente foi confirmado nesta segunda, véspera da partida na cidade de Guayaquil. Seria o atacante Vitinho, cujo nome não foi confirmado pelo clube.

Os demais infectados são Diego, Isla, Matheuzinho, Michael, Filipe Luís e Bruno Henrique. De acordo com o clube, todos foram isolados para evitar novas contaminações na delegação. O problema para Domènec é que outros jogadores importantes do elenco já eram baixas certas para este duelo, caso de Gabriel, Gustavo Henrique, Diego Alves e Pedro Rocha, por lesão ou suspensão.

No total, o treinador tem, portanto, 11 desfalques para tentar reagir na competição e na temporada. Por isso, escalar o Flamengo nesta terça será quase um “quebra-cabeça” e, ao mesmo tempo, a primeira grande missão do técnico na tentativa de reconquistar a torcida e a confiança.

A preocupação com as baixas foi tanta que a diretoria convocou de última hora quatro jogadores para compor a delegação em Guayaquil. Quatro garotos foram chamados: o lateral-direito João Lucas (19 anos), o zagueiro Natan (22) e os atacantes Guilherme Bala e Rodrigo Muniz (ambos também com 19).

Nesta terça, o Flamengo buscará a recuperação não apenas para superar a goleada da semana passada. Um novo tropeço deixará a equipe mais distante da classificação às oitavas de final. O atual campeão da Libertadores é o segundo colocado do Grupo A, com seis pontos, três atrás do líder Independiente Del Valle. Mas poderá cair para o terceiro posto caso o Junior Barranquilla surpreenda o Del Valle no mesmo dia, em casa. O time colombiano tem três pontos.

Time mais limitado da chave, o Barcelona de Guayaquil ainda não somou ponto e figura no quarto posto. Para este duelo, o time equatoriano também terá problemas em sua escalação. O lateral Mario Pineida vai cumprir suspensão, enquanto o atacante uruguaio Jonathan Alves ainda não se recuperou de lesão. Outros atacantes, como José Angulo, Adonis Preciado e o paraguaio Cristian Colmán, também sofreram contusões e são dúvidas para esta terça.

Comentários

comentários