Futebol

Presidente da FPF cita Flamengo e diz que Paranaense tem condições de ser retomado

PR - PARANAENSE/CORITIBA X ATHLETICO-PR - ESPORTES - Times de Coritiba e do Athletico Paranaense em campo, durante partida com portoes fechados do Campeonato Paranaense 2020 no Estadio Couto Pereira, em Curitiba, neste domingo (15). Foto: Geraldo Bubniak/AGB

O presidente da FPF (Federação Paranaense de Futebol), Hélio Cury, disse nesta sexta-feira (26) que o Campeonato Paranaense tem todas as condições de ser retomado. Em entrevista à rádio Banda B, ele citou o Flamengo na volta do Carioca e falou sobre o momento vivido desde a paralisação do Estadual, ao fim da fase de grupos, há mais de 100 dias.

“Não somos o vilão da história, o futebol está pagando conta que não é nossa. Não dá pra colocar no mesmo nível das academias, são situações diferentes. Aqui no Paraná, nós temos todas as condições [de retomar]”, declarou Cury, citando o decreto 774/2020, publicado pela prefeitura de Curitiba, que veta as atividades de academias e centros esportivos na cidade.

Ele ainda citou o reinício do Campeonato Carioca, que teve a vitória, por 3 a 0, do Flamengo sobre o Bangu, no Maracanã. O jogo polêmico aconteceu mesmo com o estádio ser sede de um hospital de campanha contra a Covid-19, onde duas pessoas morreram no decorrer da partida.

“Vi uma barbaridade dizendo que o Flamengo jogou e morreram duas pessoas. Se o Flamengo não jogasse, então não morreriam? Não tem nada a ver uma coisa com a outra. Não é o único estádio que tem um hospital perto”, disse.

“O futebol está muito bem estruturado, dando todo o suporte necessário aos atletas e para o retorno dos campeonatos”, completou Cury.

PRESIDENTE DA FPF DEFENDE TREINOS DO ATHLETICO
cury fpf paranaense
Hélio Cury, presidente da Federação Paranaense de Futebol, defende a volta do Estadual.(Divulgação/Federação Paranaense de Futebol)
O presidente da Federação Paranaense de Futebol também defendeu o Athletico Paranaense, que está impedido de treinar pelo “decreto da bandeira laranja” estabelecido pela prefeitura de Curitiba. Apesar do Furacão ser impedido, Coritiba e Paraná Clube, com seus centros de treinamentos em municípios da Região Metropolitana – Pinhais e Quatro Barras, respectivamente – já estão trabalhando.

“Infelizmente, a posição sobre o CT do Athletico não é correta. Já pleiteamos uma reunião com órgãos responsáveis para solucionar esse problema”, lamentou Cury.

Enquanto a Secretaria Municipal de Saúde se diz contra a realização de atividades esportivas, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) ainda não se manifestou sobre a retomada do Paranaense apesar de já ter autorizado os treinamentos dos clubes.

“Jogadores profissionais serão testados 48 horas antes das partidas, não teremos público, a imprensa será protegida também e todos os jogos serão transmitidos pela DAZN”, adiantou o presidente da Federação sobre a visão da entidade para a volta.

Paraná portal – Foto: (Geraldo Bubniak/AGB)

Comentários

comentários