Beleza

Como fazer uma pele perfeita em 8 passos

Você já parou para se perguntar o que precisaria para ter aquela pele incrível que vemos em atrizes e modelos nas redes sociais?

O maior desejo de quem procura a “pele perfeita” é uma cobertura incrível, iluminação, contorno, equilíbrio de cores e durabilidade.

Mas você sabia que é possível conseguir tudo isso com os produtos que você já tem em casa?

Pois é! E você só precisa de OITO produtinhos. Então, já separa a necessaire e vem comigo para aprender a como fazer uma pele perfeita.

Como fazer uma pele perfeita:
1. HIDRATANTE: A OITAVA MARAVILHA
Parece loucura, né? Ainda mais se você tiver a pele oleosa, mas é isso mesmo que você leu!

O hidratante é o responsável por criar uma pele confortável e sedosa para os demais produtos da maquiagem.

Geralmente usamos produtos secos ou oil-free para uma pele mais “rebocão”, já que eles secam até a última gota de umidade da pele. A falta de hidratante nesses casos, resulta em uma pele craquelada e até mais oleosa.

Além de tudo, ninguém quer a pele sugando os produtos químicos da composição da base, sem proteção nenhuma, né?

Então vá na fé do hidratante e seja feliz! Só não esqueça de escolher o correto para o seu tipo de pele, ok?

2. PRIMER: SEU MELHOR AMIGO
Para esse tipo de maquiagem, o primer é essencial, já que é responsável por um acabamento mais bonito depois de grandes camadas de produtos com alta cobertura.

O uso correto pode resultar em uma pele com viço e lisinha. E quem não quer aquela pele de bebê, sem parecer que usou diversos produtos diferentes?

3. BASE DE ALTA COBERTURA
Esse estilo de pele feita em redes sociais tende a ter uma cobertura maior ou total da pele.

E por isso contamos com uma base de média ou alta cobertura para trabalhar em construção de camadas.

Pode ir sem medo! A medida mais usada é de 2 pumps de base, no mínimo.

Se quiser aplicar com um pincel e depois dar acabamento com uma esponjinha úmida, é melhor ainda! Ela vai retirar todo o excesso de produto, sem alterar na cobertura da base.

Ah, e não se preocupe com o ressecamento que bases como essas podem trazer, lembre-se que investimos no hidratante antes de tudo!

4. CORRETIVO ILUMINADOR
Como utilizamos uma base de alta cobertura, podemos pular a etapa do corretivo de cobertura e já passar direto para um corretivo iluminador.

– Mas Thayná, o que é isso?! Socorro!

Calma, menina! É um corretivo de 1 ou 2 tons mais claros que o seu tom de base.

Ele vai trazer luz e adicionar cobertura à sua pele.

A aplicação deve ser feita em formato de triângulo, abaixo dos olhos e nos pontos frontais do rosto, para uma iluminação correta.

A forma mais pratica de espalhar é usando a mesma esponjinha que usamos na base. Isso ajuda, inclusive, no acabamento da transição entre o corretivo e a base.

MAS CUIDADO! Comece das extremidades do corretivo para o centro. Assim você não acumula produto demais na esponja e não espalha para o resto do rosto.

Vou deixar uma colinha para você identificar o seu formato de rosto e pontos corretos de iluminação.

Como fazer uma pele perfeita – corretivo© Fornecido por Superela Como fazer uma pele perfeita – corretivo
5. CONTORNO: TODA ATENÇÃO E CUIDADO
Contorno é sempre um assunto complicado e pessoal no mundo da maquiagem, mas sempre podemos facilitar o processo.

Esqueça o contorno em creme e aposte no contorno e bronzer em pó antes de selar a pele. Assim fica mais difícil de errar e, caso aconteça, dá para corrigir com o pó depois.

Tons mais frios darão um ar de profundidade e tons mais quentes bronzearão o seu rosto. A dica é investir em uma paleta e misturar os dois. O resultado é incrível.

Lembrando que o contorno deve respeitar o formato do seu rosto.

Por último e mais importante: Construa camadas! Vai com calma e carinho na hora de dosar a quantidade de produto, para não sair na rua com as bochechas escuras demais!

Vou deixar mais uma colinha aqui para você se basear no formato de rosto adequado.

6. ILUMINADOR: O SEGREDO
Eu sou suspeita pra falar de iluminador, porque eu aaaamo um glow.

A forma que eu encontrei de dosar a mão e agradar a maioria foi usando o iluminador após o contorno e ainda com a pele sem pó.

Dessa forma conseguimos construir camada e não errar no acabamento.

Escolha pincéis menores para uma aplicação fácil e precisa.

Os pontos que mais utilizo são: arco zigomático, ponto alto do nariz, arco do cupido, queixo e testa (apenas se não tiver a pele oleosa).

7. BLUSH
Esse é outro item que precisamos dosar a mão e construir por camadas.

Conheça bem o produto que você está usando e a pigmentação dele.

Eu amo blush com cintilância e o efeito glow que ele dá quando se mistura ao iluminador, mas isso é completamente pessoal.

A aplicação do blush antes do pó resulta em uma pele com acabamento mais natural e minimiza erros, te dando a chance de corrigir qualquer eventualidade.

8. PÓ TRANSLÚCIDO/BANANA
Essa é a hora que juntamos tudo o que fizemos e selamos para que essa pele dure o dia inteiro.

O pó (seja ele translucido, banana, solto ou compacto) deve ser aplicado nos pontos iluminados pelo corretivo e espalhados para todo o rosto, dando um acabamento uniforme.

É nessa hora que você analisa se vai precisar usar mais blush ou iluminador.

Eu aconselho a usar uma bruma fixante ou água termal no fim de tudo, eles ajudam a minimizar o aspecto de produto excessivo na maquiagem. Caso não tenha nenhum dos dois, borrifa um pouquinho de água.

MSN

Comentários

comentários