Beleza

Mullet: o corte de cabelo que provam que esse visual autêntico voltou com tudo

Popular nas décadas de 70 e 80, o mullet é um corte assimétrico, curto na frente e nas laterais e mais comprido na parte de trás. No Brasil, também é conhecido como “cabelo de tainha”, que seria a tradução literal do termo “mullet”.
Quem pode adotar o visual mullet?
Por ser um corte original, muitas pessoas tendem a achar que é necessário ter um tipo de fio específico para fazer o corte. A vantagem do mullet, no entanto, é que ele pode ser feito em qualquer tipo de cabelo, dando volume para os fios finos e lisos e valorizando os cacheados. Ainda, o corte renova a aparência e deixa qualquer visual mais estiloso.

Em décadas passadas, o mullet foi adotado por diversos artistas, que vão desde cantores da música country até astros do rock como David Bowie. O corte é considerado andrógino e mescla características do feminino e do masculino, além de ser um visual associado à movimentos de contracultura como o punk. Por isso, o mullet é mais que um simples corte de cabelo e para adotá-lo basta ter atitude!
Um arraso, não é mesmo? Como você viu, o corte é versátil e combina com todas! Para adotá-lo basta ter atitude e gostar de um estilo original.

Comentários

comentários