Moda

Apple Watch supera relógios suíços em vendas pela primeira vez

Pela primeira vez, os relógios inteligentes da Apple foram vendidos em maior volume pelo mundo do que os tradicionais relógios suíços.

Segundo a Strategy Analytics, foram vendidos mais de 31 milhões de relógios da Apple no ano passado. O número significa um aumento de 36% em relação a 2018. Enquanto isso, toda a indústria suíça vendeu 21 milhões de peças, uma queda de 13% de 2019 para o ano anterior.

Em 2018, foram vendidos 24 milhões de relógios suíços e 22,5 milhões de Apple Watch no mundo, de acordo com o levantamento..
Queda em volume, mas aumento de receita
Por conta dos números, a indústria suíça volta seu foco às marcas de luxo, que são seu carro-chefe quando o assunto é faturamento. Neste mercado, destaque para Patek Philippe e Rolex.

Apesar de venderem menos em volume, estes itens têm valor muito mais alto que gira em torno de $ 2,8 mil euros (aproximadamente R$ 13,2 mil) por unidade. Por isso, mesmo com queda na quantidade, a indústria do país europeu viu sua receita crescer nos últimos três anos. Só em 2019, lucrou $ 20 bilhões de euros (aproximadamente R$ 94,6 bilhões) neste setor.

Comentários

comentários