Geral

Radares móveis: indústria da multa ou indústria de infratores?

O 3º episódio do Podcast Bem Paraná – parceria da Banca do Podcast com o portal Bem Paraná – traz entrevista com especialista em segurança no trânsito, que analisa a decisão do governo federal em suspender o uso dos radares móveis e portáteis nas estradas federais.
A medida tomada via despacho do presidente Jair Bolsonaro e prontamente atendida pela Polícia Rodoviária Federal vale até que o uso dos radares móveis seja reavaliado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Para Cassiano Ferreira Novo, especialista e mestre em Psicologia do Trânsito, decisões como essa, que afrouxam as medidas de segurança no trânsito, podem trazer prejuízo. Para ele, o brasileiro precisa primeiro aprimorar sua consciência de segurança no trânsito para então poder ter leis mais brandas. E sobre a “indústria da multa”, questionada pelo presidente, o especialista faz um paralelo com o que ele chama de “indústria de infratores” no Brasil.

Outras medidas e declarações polêmicas de Bolsonaro em relação ao trânsito também são analisadas pelo entrevistado, que fala sobre como elas podem influenciar no comportamento do condutor.

Cassiano Ferreira Novo foi Diretor de Educação da Setran Curitiba, implementou a Escola Pública de Trânsito e foi Coordenador do Projeto Vida no Trânsito em Curitiba e possui diversos prêmios nacionais e internacionais na área de segurança no trânsito. Hoje é diretor da empresa Mobilidade Segura.
Os ouvintes podem participar do Podcast Bem Paraná por meio das redes sociais do Bem Paraná ou através do e-mail [email protected].

Para ouvir o episódio dessa semana, aperte o botão de play logo abaixo, ou se preferir pode ouvir diretamente no nosso canal do Spotify ou no Anchor.

Para acompanhar os próximos episódios do Podcast Bem Paraná, acesse toda segunda-feira o site do jornal Bem Paraná. Assine os canais nos aplicativos Spotify ou Anchor do seu celular e seja notificado em primeira mão, baixe o arquivo e ouça como, onde e quando quiser.

Bem Paraná

Comentários

comentários