Política

Ratinho Junior tem três compromissos com Paraná: investimentos de R$ 40 bi, 500 mil empregos e mais R$ 350 mi em infraestrutura rodoviária

O governador Carlos Massa Ratinho Junior passa a ter, agora, mais um grande compromisso com o povo paranaense que é a garantia de recursos de R$ 350 milhões para reestruturação de rodovias, ferrovias e da segurança pública. Os dois compromissos anteriores são investimentos de R$ 40 bilhões e geração de 500 mil empregos em três anos.

O Governo do Estado informa que os recursos para o que chama de “banco de projetos” serão disponibilizados pelo Tesouro Estadual. Serão R$ 290 milhões para melhorar ou implementar pavimentação, estudos ambientais e de viabilidade, trevos, contornos e pontes em ligações rodoviárias; R$ 40 milhões para renovar a malha ferroviária e concretizar a ligação Foz do Iguaçu-Paranaguá; e R$ 20 milhões para segurança pública, o que inclui a Cidade da Polícia, penitenciárias, institutos de criminalística e batalhões.

Esses recursos serão fatiados em três etapas: R$ 105 milhões nos próximos doze meses e outros dois aportes de R$ 155 milhões e R$ 90 milhões.

Ratinho Junior fez este anúncio na manhã desta quarta-feira a 30 deputados estaduais

Guto Silva, chefe da Casa Civil, destacou que o banco de projetos tem como objetivo deixar um legado transformador no Paraná. “Nós temos o péssimo hábito de correr atrás dos investimentos, mas sem projetos. Eles demandam muito tempo de preparação e licitação antes das obras. É uma aposta do Governo de condensar as demandas represadas há muito tempo. Com os projetos prontos, passamos a buscar recursos para as obras”, ressaltou.

Ele também afirmou que o Governo e os deputados estabeleceram prioridades dentro dos projetos e que a intenção é acelerar as obras para melhorar a vida da população. “É um sinal do nosso planejamento. Esse é o rito que deve ser seguido. De forma muito organizada vamos iniciar com os projetos, o que garante que no futuro não estejamos amarrados a problemas antigos”, disse. “Além disso os deputados têm o ajuste fino, o contato direto com a população, isso se somou na intenção de construir um banco muito sintonizado com as demandas da população”, acrescentou.

Paraná Portal

Comentários

comentários